⬅ Inicio
Edifícios Quadrante
Laranjeiras, Lisboa, 2000

7800m2 de área bruta acima do solo
Projeto de arquitetura, design de interiores, acompanhamento na Direção de Obra

Parceria com a MCabrita, Lda

O extenso PROGRAMA deste empreendimento consistia em 6 edifícios com 8 pisos de habitação e comércio no térreo e pátio interno ajardinado comum. Construíram-se tipologias de T1 a T4 num total de 110 fogos, 16 lojas no piso térreo, 4 pisos de estacionamento em cave.

A construção das caves foi um processo intenso com uma área de escavação total e simultânea de 4300m2, numa zona de Lisboa difícil a nível de subsolo por se tratar do curso natural de 1 dos 7 rios que desaguam em Alcântara. Para a ventilação e renovação de ar dos pisos em cave, uma vez que cada piso é uma área aberta superior a 700m2, instalou-se pela primeira vez num edifício privado o sistema de desenfumagem por ventiladores de impulso de grande alcance, solução usada até então nos grandes parques subterrâneos de iniciativa pública.

A imagem exterior dos edifícios foi condicionada pelas frentes edificadas onde se inserem, optando-se por um desenho vertical, como se de fachadas independentes se tratasse, em vez de pronunciar grandes linhas horizontais que o requerente achou demasiado disruptivo com a linguagem existente. O corte com a imagem implantada na zona deu-se com a escolha do amarelo pálido em vez do rosa dominante.

Os fogos foram cuidadosamente desenhados para receber o máximo de luz natural e concebidos para uma classe de preços média/alta. Uma vez mais o projeto conseguiu cumprir toda a legislação aplicável, os requisitos do promotor e a máxima rentabilização da área disponível para edificação. Candidato aos Óscares do Imobiliário em 2004.