⬅ Inicio
Casa na Encarnação
Olivais, Lisboa, 2012

183m2 área de construção | 285 m2 área de lote
Projeto de arquitetura, design de interiores, assistência técnica

Inserida num bairro com imagem protegida na fachada principal, esta casa geminada aumentou 80% a sua área de implantação original. A luz é o elemento principal envolvendo naturalmente todos os 4 pisos, numa casa eficientemente construída.

 

A casa original foi integralmente demolida devido aos graves problemas de infiltração que tinha e ao difícil processo de rentabilização máxima do lote se a mesma fosse mantida. Como o lote é de esquina, mas as ruas formam um ângulo mais aberto do que os tradicionais 90º, cumprindo todos os LIMITES LEGISLATIVOS conseguiu-se uma área de construção maior ao rodar as paredes laterais para uma paralela à via. Esta falta de ortogonalidade permitiu soluções interessantes na sala e no quarto principal em termos de arrumação extra e espaços de relaxe luminosos envolvendo as janelas.

A casa desenvolve-se em 4 pisos, desde a cave ao sótão, com a escadaria quase no centro da casa a uni-los. Por trás um longo vão envidraçado na fachada posterior, ilumina todos os espaços interiores de circulação desde o térreo ao sótão. A cave tem um poço de luz exterior, roubando uma pequena tira de jardim, que ilumina o espaço de ginásio e, através da grande parede de tijolo de vidro deste, fá-la chegar até às outras áreas.

O grande desafio desta casa era a máxima RENTABILIZAÇÃO do lote bem como projetar uma casa de família ampla e luminosa. A opção de localização da escada, e o trabalho com as diversas entradas de luz, permitiram dar uma amplitude e conforto acrescidos a uma casa sem área desperdiçada.

A implantação passou de 51m2 para 92,15m2 e a área de construção de 102,50m2 para 183m2

O projeto de execução foi cuidadosamente estudado e implementado em obra de forma a garantir uma construção eficiente em termos higrométricos, térmicos e acústicos.