Sandra Moura Lopes, desde 1970

Arquiteta desde 1993 pela Universidade Lusíada

De 92 a 94, funções de projeto e desenho na MCabrita, Arquitectura e Engenharia Lda., em Lisboa

Curso de Aperfeiçoamento Pedagógico de Monitores em 95

De 95 a 98 como arquiteta no atelier A3 Arquitectos, em Coimbra

Em 98 estabeleço parceria com o Arqt.º Tavares da Cruz com atelier em Lisboa, até 2001

Em 98, direção de obra do pavilhão do Comité Olímpico Internacional na Expo’98 de Lisboa

Pós-graduação em Construção pelo Instituto Superior Técnico de Lisboa, em 2001

Entre 2000 e 2004, direção de obra dos Edifícios Quadrante em Lisboa, candidatos aos Óscares do Imobiliário 2004 na categoria de Habitação

Em 2001 convite para lecionar a disciplina Métodos de Construção ao 4º ano da licenciatura em Engenharia Civil no IST

Em 2001 participo no 1º Congresso Nacional da Construção, em Lisboa, onde apresento um trabalho de investigação próprio com o tema “Durabilidade de elementos metálicos não estruturais na construção em zonas costeiras”

Em 2004 convite para participar no Projeto de Reparação e Consolidação das estruturas existentes no Forte de S. Jorge dos Oitavos em Cascais

Em 2004 convite para lecionar a ação de formação de 30 horas sob o tema “Arquitetura e durabilidade das construções em zonas costeiras”, na sede da Ordem dos Arquitetos em Lisboa

Em 2004 participo no 2º Congresso Nacional da Construção, no Porto, onde apresento um trabalho de investigação próprio com o tema “Anomalias e reparação de uma estrutura metálica à beira-mar”

Em Janeiro de 2005 crio a empresa Aberto para Obras – Arquitetura, com sede em Lisboa, cujo principal objetivo é fornecer serviços integrados do ramo do projeto e construção

Em 2006 apresento o trabalho “Arquitetura do futuro, hoje” inserido num seminário sobre história de arte a convite do Departamento de História da Universidade de Évora

Em 2008 venço o concurso nacional para elaboração do Monumento ao Construtor Civil Tomarense, erigido em Tomar na rotunda da Serôdia

Em Dezembro de 2010 crio a empresa Cromática Design com loja em Lisboa, que comercializa peças de design contemporâneo em mobiliário, arte e acessórios

Em 2011 Menção Honrosa no 2º Concurso Nacional de Design de Mobiliário promovido pela AIMMP pela criação de uma linha de mobiliário de sala transformável, registada sob o nome Morphos

Em 2014 registo da marca nacional Insónia | awake furniture que produz peças de mobiliário criativo e restyling de peças vintage

Em 2015 assumo funções como Administradora da ICVL – Imobiliário e Construção, S.A.

Em 2016 registo da marca nacional Prendas de Papel dedicada ao artesanato em madeira